segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

APLICATIVOS PARA APRENDER INGLÊS - ELES VALEM A PENA?







APLICATIVOS PARA APRENDER INGLÊS – ELES VALEM A PENA?

Nos tempos em que eu aprendi Inglês, não existiam aplicativos. Aliás, não existiam coisas como smartphones e nem mesmo computadores nas casas. Eu me lembro que minha mãe me deu de presente uma coleção com três fascículos e três discos de vinil, chamada “Inglês Sem Mestre.” Guardo os livros até hoje.  Os áudios eram horrorosos, e eu joguei-os fora depois que aprendi! A voz da pessoa que lia os diálogos parecia com alguém que estava saindo de uma catacumba após passar alguns milênios enterrado. Ele lia separando as sílabas, com uma entonação de voz totalmente monótona e sem flexões.

Mas cursos de inglês naqueles tempos eram muito caros – além da Cultura Inglesa, que era super elitizada, havia pouquíssimas opções. E minhas condições financeiras faziam com que eu não me encaixasse em nenhuma delas.
Assim, só pude entrar para um curso aos quatorze anos, quando comecei a trabalhar. Mas esta é uma outra história. 




Hoje em dia, existem os aplicativos, as aulas online e milhares de cursos espalhados pelas cidades, sendo que você encontra vários por metro quadrado. Mas hoje falaremos sobre o uso dos aplicativos no aprendizado de inglês.

Alguns alunos me perguntaram o que eu acho deles, e após baixar alguns no meu tablete e experimentá-los durante algum tempo, acho que posso, de uma maneira geral, sem entrar em detalhes sobre quais aplicativos estou falando, pois acho que seria antiético, comentar as vantagens e desvantagens que eu descobri:



VANTAGENS   

-Eles são excelentes ferramentas para aprender vocabulário! As lições são separadas por temas – viagem, restaurantes, compras, fazendo amigos, por exemplo – e você tem a chance de escutar e repetir quantas vezes desejar, associando os sons às imagens. Isto faz com que você utilize tanto seu lado auditivo quanto o visual e o cinestésico. 

Apenas para dar uma ideia geral sobre estas três definições, o aluno cinestésico necessita fazer associações durante o aprendizado, usando gestos, sensações, sabores, cheiros, toques e emoções; o visual aprende através do que observa, e seu cérebro impressiona-se com as imagens; já o aluno auditivo é capaz de aprender através daquilo que ele ouve e repete. Todos temos um pouco dos três, mas há sempre um predominante.

-Os aplicativos são dinâmicos, pois a maioria deles ensinam através de joguinhos. Alguns utilizam o famoso e antigo jogo da memória, que é muito eficiente. 
-Os aplicativos são divertidos. 
-Há alguns que são realmente gratuitos, embora haja bem poucos, e nem todos são bons.




DESVANTAGENS

-Encontrei erros de grafia e/ou tradução em alguns aplicativos, porém, tais erros podem ‘passar batido’ por quem ainda está aprendendo a língua, o que faria com que as palavras fossem memorizadas equivocadamente. 
-A maioria deles promete mundos e fundos, mas não chegam nem aos mundos, o que dirá aos fundos... e se você quiser liberar todos os recursos, vai ter que pagar. E não é tão baratinho assim . Um deles pediu-me a bagatela de quase trinta euros para começar.
-Os aplicativos ensinam apenas itens de vocabulário, o que é muito bom, e algumas frases curtas; mas você não vai ganhar fluência ou domínio das estruturas apenas através de sua utilização, e vai chegar um momento em que você vai sentir falta de... UM PROFESSOR DE INGLÊS! Isso mesmo, esse recurso que os criadores de alguns aplicativos consideram velho, ultrapassado, fora de moda e desnecessário (Com certeza, você já deve ter visto aqueles que prometem ensinar você a falar fluentemente em um mês ou algo assim, e sem a ajuda de cursos ou professores)!



CONCLUSÃO

Quer utilizar aplicativos na sua aprendizagem do inglês? Vá em frente! Eles são muito legais. Mas não pense que vai conseguir aprender só através deles.  Peça ajuda a um professor na hora de escolher, e se puder, invista um pouquinho e pague por um bom, ao invés de usar um app xumbreguinha que vai fazer com que você aprenda da forma errada. 

E lembre-se: a única coisa que alguém pode realmente prometer a você sobre o aprendizado do inglês, é que sem esforço e dedicação, você não chegará a lugar algum. Qualquer coisa onde estiver escrito; "Solução milagrosa", "O segredo de..." "Aprenda em uma semana/ um mês...", ou algo assim, é promessa vazia.



Um comentário: