quinta-feira, 7 de junho de 2018

PLURAL FORMS







Olá, pessoal!   💔

Hoje eu trago algumas regrinhas sobre como formar o plural dos substantivos em inglês.

Lembrando que adjetivos em inglês não têm plural ou flexão de gênero! Assim, o adjetivo 'beautiful', por exemplo, poderá significar 'bonito', 'bonita', bonitos' ou 'bonitas.' O plural é aplicado somente no substantivo que acompanha o adjetivo!

Exemplos:

A beautiful girl  /  Ten beautiful GIRLS
A nice house  /  Two nice HOUSES.

Uma outra dica, é que não se usa artigo indefinido (a/an) com palavras no plural!

Nunca diga: "a cars" ou "an apples", por exemplo. Imagine só! Ficaria assim: "um carros," "uma maçãs." Horrível, não?   🙈

Mas você pode usar o artigo definido "THE" (o, a, os, as) tanto com substantivos plurais quanto com singulares. Olhe só:

The car (o carro) - The cars (os carros)
The house (a casa) - The houses (as casas)





Let's go!  👇


Regra geral:

Acrescentamos ‘s’ ao substantivo. 

Ex;  flag =  flags
dog = dogs
pen = pens




Aos substantivos terminados em: S, SS, SH, CH, X e  Z acrescentamos ES.
Ex: dress  =  dresses
       glass  =  glasses

ATENÇÃO!!!

Na  maior parte das palavras o CH tem som sibilante / S/ , mas em algumas o CH tem som de /k/ . Nesse caso, para formar o plural, acrescentamos S. Dentre estas palavras, as mais usadas são:

SINGULAR                           PLURAL

stomach                                   stomachs
monarch                                  monarchs
epoch                                      epochs
patriarch                                  patriarchs


Substantivos terminados em Y :

a) precedidos de vogal, acrescentamos S 
EX. boy = boys

b) precedido de consoante, transformamos o Y em I e acrescentamos ES.
EX:  lady = ladies
        spy  = spies

Substantivos terminados em O:

a) O precedido de vogal, acrescentamos S.
EX: RADIO = RADIOS

B) O precedido de consoante acrescentamos ES.
EX: Tomato = tomatoes

ATENÇÃO!!!

As palavras de origem estrangeira, terminadas em O precedido de consoante, recebem apenas S. As principais são:


SINGULAR                        PLURAL

piano                                      pianos
photo                                      photos
dynamo                                  dynamos
kilo                                          kilos
solo                                         solos

Os 12 substantivos seguintes terminados em F ou FE , mudam esse final para VES.

Life , wife, knife, wolf, self, calf, half, shelf, leaf, loaf, thief, sheaf.

Os demais substantivos, com exceção de HOOF ( casco) , SCARF ( cachecol) e WHARF ( cais), que admitem as duas formas em S ou VES, seguem a regra geral, ou seja, recebem o sufixo S.
EX: ROOF = ROOFS




PLURAIS IRREGULARES:

SINGULAR               PLURAL

man                              men
woman                         women
child                             children
ox                                 oxen
foot                               feet
tooth                             teeth
goose                            geese
louse                             lice
mouse                            mice
crisis                             crises


Substantivos compostos:

Quando houver justaposição  de dois ou mais elementos, formando uma palavra nova, estabeleceremos seu plural, obedecendo à regra do último elemento:

EX: schoolroom = schoolrooms
policeman =  policemen
saleswoman = saleswomen


See you!




segunda-feira, 21 de maio de 2018

The Spirit Carries On - Some Auxiliary Verbs









THE SPIRIT CARRIES ON - DREAM THEATER

O Espírito Continua


Where did we come from?     De onde viemos?
Why are we here?                     Por que estamos aqui?
Where do we go when we die?  Para onde vamos quando morremos?
What lies beyond             O que está além
And what lay before?    E o que havia antes?
Is anything certain in life?   Alguma coisa é certa na vida?

They say "Life is too short"    Eles dizem, “A vida é curta demais”
"The here and the now"    “O aqui e o agora”
And "You're only given one shot"    “E você só tem uma dose.”
But could there be more?     Poderia haver mais?
Have I lived before?        Eu vivi antes?
Or could this be all that we've got?    Ou isto poderia ser tudo o que temos?

If I died tomorrow   Se eu morrer amanhã
I'd be alright   estarei bem
Because I believe   Porque eu acredito
That after we're gone  Que depois que nós vamos embora
The spirit carries on  O espírito continua

I used to be frightened of dying   Eu costumava ter medo de morrer
I used to think death was the end  Eu costumava achar que a morte era o fim
But that was before       Mas isso foi antes 
I'm not scared anymore    Não tenho mais medo
I know that my soul will transcend    Sei que minha alma transcenderá

I may never find all the answers   posso jamais encontrar todas as respostas
I may never understand why    Posso jamais entender o porquê
I may never prove     Posso jamais provar
What I know to be true   O que eu sei ser verdade
But I know that I still have to try    Mas sei que ainda tenho que tentar

If I died tomorrow   Se eu morrer amanhã
I'd be alright    estarei bem
Because I believe   Porque eu creio
That after we're gone   Que depois que vamos embora
The spirit carries on   O espírito continua

"Move on, be brave   “Continue, seja corajoso,
Don't weep at my grave    Não chore na minha sepultura
Because I'm no longer here   porque eu não estou mais aqui
But please never let    mas por favor, nunca permita
Your memories of me disappear"   Que suas memórias sobre mim desapareçam.”

Safe in the light that surrounds me   Seguro na luz que me cerca
Free of the fear and the pain    Livre do medo e da dor
My questioning mind   minha mente questionadora
Has helped me to find   Ajudou-me a encontrar
The meaning in my life again   O significado em minha vida novamente
Victoria's real       Vitória é real, 
I finally feel    Eu finalmente sinto 
At peace with the girl in my dreams     Uma paz com a garota nos meus sonhos
And now that I'm here     Eu sei que estou aqui
It's perfectly clear     Está perfeitamente claro
I found out what all of this means   Descobri o que tudo isso significa

If I died tomorrow       Se eu morrer amanhã
I'd be alright     Eu estarei bem
Because I believe   porque eu acredito
That after were gone    Que depois que vamos embora
The spirit carries on     O espírito continua







Questions and auxiliaries    ↧

In order to ask questions in English, we must use auxiliary verbs.

-To ask questions in the present simple, the auxiliary is ‘do’ or ‘does’:
Examples: “Do you like Coke?”   “Does she live here?”

If it's a verb to be, only invert the position of verb and subject.
Examples: Is she your friend? / Are they students?
In this case, DO NOT use Do/Does!!!


-For the past simple, we use ‘did’:
Examples: “Did she live in Los Angeles in 1998?”

-When it's a verb to be, we use WAS/WERE.
Examples: Were you at home yesterday? Was the party good?
In this case, do not use DID!!!

-Modals – including the verb ‘to be’, only change their positions with the subject in questions:
Examples: “Are you tired?”   “Can I use the toilet?”     “Should I stay here or go home?”  “Would you like some tea?”   “Will you come tomorrow?”  “Must I have a visa to go to the States?” "Have you ever been to Disney?"



Bye!
🙋

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Limite de Idade?


Recebi um e-mail de um amigo, questionando-me sobre uma afirmação do MIT (Massachusetts Institute of Technology) onde, segundo ele, afirma-se que alguém só poderá falar uma língua fluentemente e semelhantemente a um nativo caso ele comece a estudá-la antes dos dez anos de idade. Meu amigo perguntou-me se eu concordo com a afirmação.

Bem, quem sou eu para questionar o MIT, não é?

Respondo: sou apenas Ana Bailune, brasileira, e professora de inglês há mais de 25 anos. 

Através dos vários tipos de alunos que chegaram e continuam chegando até mim, posso afirmar que que eles erraram feio. Cito alguns exemplos: Já tive alunos que começaram estudar inglês pela primeira vez aos quinze anos, e depois tornaram-se professores de inglês. Também tive alunos que começaram após os 21 anos, e hoje falam fluentemente. Quanto à semelhança ao inglês nativo citado pelo MIT, acredito que só se consegue tal coisa após viver imerso em uma cultura onde se fala inglês durante pelo menos dois anos - sem qualquer contato com a língua materna a maior parte do tempo.

Meu aluno Pedro, que está aprimorando seu inglês, trabalhou dois anos na França após os vinte anos de idade, e lá aprendeu a falar francês fluentemente.

Mesmo que não se consiga aprender a falar semelhantemente a um nativo, qualquer pessoa que comece a estudar uma língua estrangeira, não apenas o inglês, após apenas um ano, estará bem melhor do que quando começou! Certamente, será capaz de compreender grande parte das coisas que lê, entenderá frases em músicas, textos, filmes e conversações, será capaz de entrar em uma loja ou restaurante e fazer um pedido, pedir uma informação, manter uma conversação básica, escrever e também navegar na internet com mais segurança e conforto, dependendo do seu nível de dedicação, interesse e de um pouco de aptidão natural.

Gostaria de saber quanto tempo e dinheiro são gastos nesse tipo de pesquisa derrotista, nas quais as pessoas chegam a conclusões tão absurdas e definitivas quanto a citada acima. Rotular pessoas não significa nada. 

Não se submetam aos rótulos dos pesquisadores: superem-nos!


💪😜

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Whenever X Always





Olá, pessoal. Gostaria de falar de um erro em inglês muito simples, mas cometido por alunos em diferentes níveis - do intermediário ao avançado: o uso das palavras 'whenever' e 'always.'  

É perigoso traduzir algumas frases para o inglês ao pé da letra, como: "Sempre que vou ao Rio, visito o Pão de Açúcar." Tenho visto muita gente falar assim: "Always that I go to Rio, I visit the Sugarloaf Hill." Dá para notar a tradução literal, ou seja, ao pé da letra: 'sempre que' traduzido como 'always that.'

A forma correta é: WHENEVER I go to Rio, I visit the Sugarloaf Hill. 

Outros exemplos: Whenever Carla and I have lunch together, we go to the same restaurant. (Sempre que Carla e eu almoçamos juntas, vamos ao mesmo restaurante).

Whenever you need help, you can count on me. (Sempre que você precisar de ajuda, pode contar comigo).

Whenever I'm sick, I go to the doctor. (Sempre que estou doente, vou ao médico).





Tanto 'whenever' quanto 'always' são advérbios, mas seu uso na frase é diferente.


'Always' é usado da seguinte forma:

- We always have time to relax on weekends. (Entre o sujeito e o verbo principal).

-I am always tired. ( após o verbo 'to be').

-Are you always at home on Sundays? ( Em perguntas com 'to be', após o sujeito).

- I will always be here if you need me (nos verbos compostos, antes do verbo principal).

-Have you always lived in France? (nos verbos compostos, antes do verbo principal).

-Do you always come here? - (Nas perguntas, após o sujeito e antes do verbo principal).

👇
Whenever you forget about it, come to this blog and read the explanation again!


🙋


quinta-feira, 3 de maio de 2018

DO YOU NEED SOME MOTIVATION?







Hello everybody!

Since learning a language means dedication and hard work, it is natural that sometimes you might start feeling a little unmotivated. This is when you need to make up your mind and tell yourself that this feeling will pass by! When this thoughts pop up into your mind, there are a few things you can do:

-Focus on your objectives - Remember why it is important to learn English; think about your job and the doors that knowing English will certainly open to you. Maybe you should consider how easier it will be for you during your vacation or business trips if you can speak English.

-Imagine! - Project yourself into the future; imagine yourself  talking fluently with a foreing person, giving a speech  or conducting a business meeting in English. Think about all the songs you will be able to understand and sing along, and the films you'll be able to watch with the original sound - and without subtitles! 

- Think of the progress you have made so far - Have you really come this far just to stop and give up everything you have learned? When you do not practice your English, it goes away quickly. You need to have all the basic structures of the language very well settled before you give yourself an English break. And if you decide that you really must give your English a break, continue practicing by reading articles in English, listening to songs or watching films. 

-Think of all the money you have invested - Make your money worth! You know that English is necessary nowadays, and that it is not just a diferential when it comes to improving your qualifications on your C.V. English is now mandatory! Value your money and do your course until it ends.



SOME MOTIVATIONAL SENTENCES 


Yes, if you ask me, I will tell you that this is self-help:






1-"You are never too old to set another goal or to dream a new dream." – C.S.Lewis

Do not say that you are too old to learn. It is always time!


2- "Live as if you were to die tomorrow. Learn as if you were to live forever." – Gandhi

Remember that what you learn remains with you forever. It becomes a part of you, and of your soul.


3-"Learning is not a spectator sport." – D. Blocher

Learning a language means hard work and dedication. You have to be interested in your progress. You have to ask questions and find out more about the language outside the classroom. You have to be focused!




Good luck - and work hard.



terça-feira, 1 de maio de 2018

E-mail - Pet Shop Boys



We begin the month of May with an old and sweet song, by Pet Shop Boys. Listen to it several times, learn to sing along and memorize the new vocabulary. Have fun!



E-mail – Pet Shop Boys

Communication's never been   
A comunicação nunca foi
as easy as today
Tão fácil quanto hoje
and it would make me happy
E me faria feliz
when you've gone so far away
Quando você foi para tão longe
if you'd send me an e-mail
Se você me enviasse um e-mail
that says 'I love you'
Que diz ‘Eu amo você’
Send me an e-mail 
‘Envie um e-mail 
that says 'I love you'
que diz ‘eu amo você’.

Now time and distance melt away
Agora tempo e distância derreteram
No digital delay
Nenhum atraso digital
And some things can be written down
E algumas coisas podem ser escritas
that we're too shy to say
Que somos tímidos demais para dizer
Send me an e-mail that says 'I love you'
Mande-me um e-mail que diz ‘eu amo você’
Send me an e-mail that says 'I love you'
Mande-me um e-mail que diz ‘eu amo você’

There may be other temptations in your life
Podem haver outras tentações em sua vida
Don't want to add more complications to your life
Não quero acrescentar mais complicações à sua vida
but I'm sending this e-mail to say 'I love you'
mas estou enviando este e-mail que diz ‘eu amo você.’

Now there's a ghost within this house
Agora há um fantasma dentro desta casa
You're haunting me tonight
Você está me assombrando esta noite
I'm looking at some photographs
Estou olhnado algumas fotos 
and thinking that I might
E pensando que eu poderia
jump on a plane and surprise you where you are
Pular em um avião e surpreendê-la onde você está
but do you want me there?
Mas você me quer lá?
I'm so insecure
Estou tão inseguro
but one thing would make me sure
Mas uma coisa me daria certeza
if you'd send me an e-mail
Se você me enviasse um e-mail 
that says 'I love you'
Que diz ‘eu te amo.’
Send me an e-mail that says 'I love You'
Mande-me um e-mail que diz ‘eu te amo.’

Alguns pontos importantes sublinhados ao longo da letra:

1- Communication HAS NEVER BEEN as easy as today – Uso do present perfect, comunicando algo que começou no passado e ainda acontece: “A comunicação nunca foi (até o presente momento) tão fácil quanto hoje.”

2- If you’d send me an e-mail... – Aqui, o ‘d significa ‘would.’ Traduz-se como: Se você me enviasse um e-mail...

3- ...And some things CAN BE WRITTEN DOWN – O uso da voz passive nesta frase: ‘Algumas coisas podem ser escritas…’

4- ...That we are TOO SHY to say... – o uso de ‘too’ antes do adjetivo shy, significando ‘demais.’

5- ‘THERE MAY BE…’ – Pode haver… o verbo ‘there to be’ (haver) + o modal ‘may’, que indica a possibilidade remota de que algo aconteça.




terça-feira, 24 de abril de 2018

Mas eu Preciso Mesmo Aprender Gramática?



Muitos alunos me chegam fazendo esta pergunta: "Mas eu preciso mesmo aprender gramática?"

Bem, eu nunca digo que é impossível aprender uma língua estrangeira sem ter noções básicas de gramática. Tem gente que aprende assim, 'de ouvido.' Mas pense em alguém que fala português sem saber diferenciar um advérbio de um adjetivo, ou que não tem a menor ideia sobre o que venha a ser um pronome, um substantivo, um verbo, e que não cultiva o hábito da leitura: tais pessoas falam a língua corretamente?



Acredito que você não precisa estudar gramática profundamente para falar inglês; afinal, ninguém vai pedir a você que faça uma análise sintática, mas saber diferenciar a classe das palavras, gênero, número, grau... gente, isso é o mínimo! É preciso compreender a ordem correta das palavras dentro de uma frase! É preciso saber como e quando usar os diferentes tempos verbais, ou você vai usar um Present Simple quando deveria usar um Present Perfect! "Ah, mas as pessoas não vão entender?" Vão sim. Entenderão que você fala incorretamente. 



Você quer falar inglês bonito ou quer ser um analfabeto funcional na língua inglesa? Você quer inglês para 'se comunicar' ou quer poder comunicar-se bem? Tudo depende da sua meta. Mas se eu puder dar-lhe um conselho, ele é: não despreze a gramática. Saiba usar os verbos em seus diferentes tempos com segurança, de maneira correta. Preocupe-se em aprender vários adjetivos para que você possa usá-los de maneira adequada. Todo mundo sabe que entre o 'beautiful' e o 'ugly' existem vários outros adjetivos, para serem usados em diferentes ocasiões. Cada um deles dá uma ideia diferente daquilo que se quer expressar. Nem tudo é apenas bonito ou feio.



Os advérbios podem enriquecer uma frase, pois modificam os verbos e os adjetivos. Ajudam - e muito - na comunicação correta de ideias. Da mesma forma, os pronomes em inglês também precisam ser usados da forma correta; cada um têm o seu lugar certo. 



A decisão é sua: quer falar corretamente ou "Me Tarzan / You Jane" já é o suficiente?



PLURAL FORMS